Simon Baker Brasil

Seja bem vindo ao nosso forum!

Se você é fã de Simon Baker, esta no lugar certo.

Cadastre-se para ter acesso a todo o conteúdo do site.

O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Finalizada O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Mensagem por ladymarion em Qui Jul 08, 2010 3:14 pm



Título: O dia de amanhã
Autora: Giseli Andrade
Shipper: Patrick & Lisbon
Gênero: Romance, comédia
Censura: NC-17
Terminada: [X] sim [ ] não
Capítulos: 3

OUTRAS FANFICTIONS:

SÉRIES: Moonlight, Prison Break, Bones, Stargate Atlantis, O mundo perdido ( TLW ), Roswell.

FILMES: Cidade dos anjos, Robin Hood - O príncipe dos ladrões.

ATORES: Alex O´Loughlin


*****************************************************************************

Capítulo 1

No escritório da CBI

Após um exaustivo dia de trabalho Lisbon segue até a pequena cozinha do escritório.
Suspirando longamente ela se serve de um pouco de café
Lisbon resmunga ao perceber que o liquido estava gelado.
Ela se senta a mesa.

- Ainda por aqui? - pergunta Patrick, pegando um pouco de café tambem.
- É....tive que analizar alguns papéis para entregar ao Minelli. - diz ela fechando os olhos por alguns segundos, os abrindo logo em seguida.

Patrick se sentava a mesa tambem, mas ao lado oposto de Lisbon.

- Esse café esta frio.... - diz ele, fazendo uma careta e largando a caneca sobre a mesa.
- É...não me diga. - diz Lisbon largando sua xícara sobre a mesa e colocando as mãos na cabeça.
- Nossa.....você esta um horror... - diz Patrick em um tom brincalhão.
- Hun!....não preciso que você me diga isso.... - diz ela, fechando os olhos novamente.

Patrick sorri e olha fixo para ela.

- Você devia ir para casa.
- É....eu seu gênio, só estou descansando um pouco. - diz ela, abrindo os olhos lentamente.
- Quem sabe eu posso ajuda-la... - diz Patrick se levantando.
- Ajudar? Oh não.....acho que não pode..... - dizia ela em sussurros.

Lisbon abre os olhos imediatamente ao sentir que Patrick estava com as mãos sobre seus ombros.
Jane estava atrás dela.

- Hey!.....o que você pensa que esta fazendo? - pergunta ela, com uma ponta de irritação.
- Só quero ti ajudar. - diz ele, começando a fazer massagens nos ombros dela.
- Ajudar?.....Desde quando isso vai me.....aí....... - resmunga ela.
- Oh!....deixa de ser exagerada, eu só estou tentando relaxar um pouco você, está tão tensa.... - dizia Patrick ainda a massageando.
- Jane.....você quer parar com......oh!!!! - dizia Lisbon, começando a gostar das massagens.
- Viu só? Seu cansaço não esta diminuindo? - pergunta ele, com uma voz suave.
- Ah!....É, tenho que admitir, isso é.....bom... - dizia Lisbon, agora mais aliviada.
- Bom? Isso é ótimo.... - dizia Patrick sorrindo.

Patrick continuava a massagea-la com cuidado, podia perceber que Lisbon estava ficando melhor.

- Quer que eu pare? - sussurra ele próximo ao ouvido dela.
- Parar? Não.....está tão bom.... - dizia ela com os olhos fechados.
- Sabe.....eu poderia tentar ler sua mente nesse momento.
- Acho melhor não.... - dizia ela em sussurros.

Patrick se inclinou para o lado e percebeu que ela tinha um sorriso perigoso nos lábios.

- Por que não? - sussurra ele, muito próximo ao seu pescoço.
- Porque......eu teria que ti matar se fizesse isso.... - dizia ela ainda sorrindo.
- Hun.....agora fiquei mais tentado a fazer isso. - dizia ele com uma expressão mais séria.
Lisbon abre os olhos rapidamente.
- Jane.....já chega....eu já me sinto melhor. - diz ela, se levantando rapidamente.
- Onde você vai? - pergunta ele ao ve-la tão apressada.
- Eu vou para casa... - dizia ela andando pelos corredores da CBI.
- Espera.....espera aí.... - diz ele, correndo atrás dela.
- Por que tanta pressa? - pergunta ele, parando em frente a Lisbon.
- Porque eu quero ir para casa dormir. - diz ela rapidamente tentando passar.

Jane continua a sua frente.

- Jane....
- Esta fugindo? - pergunta em irônia.
- Fugindo? - dizia ela, fingindo não entender a pergunta dele
- Esta com medo que eu saíba o que você estava pensando a poucos minutos não é mesmo? - pergunta ele cruzando os braços, e com um grande sorriso.
- O que? Isso é rídiculo....eu não acredito que você consiga ler pensamentos. - diz ela tentando passar.
- Oh!....Se não acredita por que esta tão nervosa? - pergunta ele ainda na frente dela.
- Eu estou nervosa, porque você tem uma capacidade grande de me tirar do sério.....esta bem assim? - pergunta ela com sarcasmo.

Jane fica pensativo, Lisbon aproveita e o empurra levemente pelo braço para que pudesse passar.
Ela sai apressada para fora do prédio.

- Hey Lisbon.....espere. - diz Patrick correndo atrás dela.

Já na rua

Lisbon se aproxima de seu carro, e pega as chaves em sua bolsa.

- Oh!...Que ótimo... - resmunga ela ao quebrar a chave na porta do carro.
- Parece que alguem precisa de uma carona.... - diz Patrick, entrelaçando as mãos nas costas e inclinando os pés para frente e para trás.
- Sabe.....as vezes eu odeio você.... - diz ela, seguindo até o carro de Jane.

Jane sorri e vai até seu carro.

- Eu sei......mas as vezes me ama tambem.... - diz ele irônico, olhando nos olhos de Lisbon.
- Hahahahahaha, amar você? Só se eu fosse louca.... - dizia ela rindo, sacudindo a cabeça em forma negativa.

Jane sorri, abre seu carro e entra.
Lisbon entra no veículo logo em seguida......

Após dar a partida no carro, Patrick liga o rádio e seguia dirigindo até a casa de Lisbon.
Os dois conversaram um pouco sobre o caso do dia, Patrick parou de falar ao perceber que Lisbon havia adormecido em seu carro.

Patrick dá um breve sorriso, e ao lembrar que sua própria casa era mais perto do que a dela....
Ele decide mudar o rumo........



Continua...............


Última edição por ladymarion em Dom Out 03, 2010 4:03 pm, editado 2 vez(es)
avatar
ladymarion
Amiga Íntima do Simon
Amiga Íntima do Simon

Mensagens : 27
Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalizada Re: O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Mensagem por KristyAnne em Ter Jul 13, 2010 5:56 pm

Patrick tomando café?! Shocked Isso é surpreendente!!!

- Oh!....Se não acredita por que esta tão nervosa? - pergunta ele ainda na frente dela.
- Eu estou nervosa, porque você tem uma capacidade grande de me tirar do sério.....esta bem assim? - pergunta ela com sarcasmo.

kkkkkkkkkkkkkkkk



Agora que vi que ainda não troquei os emoticons... Neutral





by Kristy

 love simon 
avatar
KristyAnne
Confidente do Simon
Confidente do Simon

Mensagens : 126
Humor : Altíssimo Astral!
Localização : Perto de Simon Baker
Cavalo Feminino

http://www.thementalistbrasil.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalizada Re: O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Mensagem por ladymarion em Dom Ago 15, 2010 8:34 pm

hahahah, oi amiga.
Saudades de vc.
Pois então, foi bom dar uma mudada no cardápio do Patrick, hehehehe.
Jane é uma figura, ainda tem a cara de pau de perguntar a Lisbon porque ela fica tão irritada com suas teorias,

Beijinhos
Obrigada por comentar

gi
avatar
ladymarion
Amiga Íntima do Simon
Amiga Íntima do Simon

Mensagens : 27
Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalizada Re: O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Mensagem por ladymarion em Dom Ago 15, 2010 9:00 pm

Capítulo 2



Na casa de Patrick

Patrick estacionava o carro no pátio de sua casa.
Lisbon se remexia um pouco, ainda adormecida.

Patrick desliga o carro, e sai de dentro do veículo.
Ele dá a volta e vagarosamente abre a porta do lado do passageiro.
Tranquilamente ele desprende o cinto de segurança de Lisbon.

- Hun!....Mas...o que.... - Lisbon resmunga, ao sentir que Patrick a estava pegando em seus braços.
- Shhhhhh! - continue a dormir.. - dizia ele em sussurros.

Lisbon se sentia muito cansada, parecia nem ter forças para brigar com Patrick.

- Estou...em casa? - pergunta ela, ainda com os olhos fechados e apoiando sua cabeça no ombro dele.

Patrick sorri enquanto carregava ela para dentro da casa.

- Não....você....esta na minha casa.... - diz ele com uma voz suave.
- Han? O....O que você disse? - pergunta Lisbon gagueijando......sentindo seus olhos cada vez mais pesados.
- Shhhhhh! Relaxa....você esta muito cansada....
- Mas....Jane...
- Shh!!! Lisbon....eu quero que você se acalme....relaxe, você precisa descansar.... - sussurra ele, bem próximo ao ouvido dela.

Vagarosamente Lisbon adormece outra vez.
Patrick a leva até seu quarto, e a coloca com cuidado sobre a cama.

- Hun!.... - resmungava Lisbon, mas sem acordar.
Patrick retira os sapatos dela com cuidado e o casaco que a agente vestia.

Ele então vai até o armário e pega um cobertor, e o coloca sobre Lisbon com cuidado.
Jane ajeita o travesseiro dela, para que Lisbon ficasse o mais confortável o possível.

Lisbon se vira de lado, na direção de Patrick.
Ela se encolhe toda, abraçava o cobertor dando um pequeno sorriso.
Patrick sorriu ao ve-la tão relaxada, parecia em paz.....
Alguns fios de cabelo de Lisbon caía sobre o rosto dela.

Patrick como que se estivesse em transe, se ajoelha ao lado de sua cama e eleva sua mão direita bem devagar.
Ele retira os cabelos do rosto de Lisbon com cuidado....em seguida acaricíava o rosto dela com a ponta de seus dedos...Lisbon sorria e suspirava profundamente.

Patrick inclina sua boca sobre o rosto dela, e lhe dá um pequeno beijo em sua bochecha.
Ele afasta um pouco a cabeça e se levanta, ainda olhando para ela.

- Hun!.....Só espero que não queira me matar logo pela manhã... - sussurra ele, fazendo uma careta engraçada.

Patrick se afasta do quarto fechando a porta lentamente.



Logo pela manhã



Lisbon se remexia na cama, suspirava longamente.
Sem abrir os olhos ela se espreguiça e sorri aliviada.
Se sentia magnificamente bem....
Bocejando ela se levanta da cama, mas acaba tropeçando....

- Ai!..... - dizia ela.

Lisbon fica desnorteada ao ver que tinha caído em cima de Patrick.
Ele havia colocado um cobertor no chão para dormir, bem no lado da cama.

- Ah!....Bom dia Lisbon... - dizia Patrick, coçando os olhos lentamente.
- Jane.....mas...o....que....que diabos você faz na minha casa? - pergunta ela irritada, ainda em seus braços.

Os dois se entre olham por alguns segundos e notam que estavam em uma situação um tanto inusitada.
Lisbon continuava em cima de Patrick, ele colocava as mãos na cintura dela, enquanto a garota estava com as mãos apoiadas no peito dele.....

- Oh! Oh!..... - dizia Patrick de forma debochada.
- Jane... quer me soltar? - dizia ela, dando tapas no peito dele.
- Ou!...Ou!....Eu não estou ti segurando... - diz ele, levantando as mãos.
- Oras seu.... - resmungava Lisbon se levantando rapidamente.
Jane se levanta tambem.
- Lisbon....não sei por que está tão irritada....eu não invadi sua casa, é você quem esta na minha. - dizia ele, com sarcásmo.

Lisbon olha para ele, em seguida examinava todo o quarto.

- O que estou fazendo aqui? - pergunta nervosa, olhando nos olhos dele.
- Oras....dormindo. - dizia Patrick, cruzando os braços em frente ao peito.
- Jane.....seu miserável.... não acredito que me trouxe para cá.... - diz ela pegando seu casaco próximo a cama e seus sapatos, os levando nas mãos enquanto saía apressada do quarto de Patrick.
- Lisbon...espera.... - dizia ele calmamente, seguindo logo atrás dela.
- Não ouse falar comigo, não acredito que passei a noite aqui.....com certeza você me hipnotizou.... - dizia ela furiosa, parando no meio da sala e jogando o casaco nele.

Patrick segura o casaco sem conseguir parar de rir.

- Eu não vejo a menor graça... - dizia ela se sentando no sofá, enquanto colocava os sapatos.
- Lisbon.... - dizia ele, tentando parar de rir.
Lisbon se levanta rapidamente e segue até ele.
- Me dá meu casaco... - ordenava furiosa, literalmente arrancando a mão dele.
- Ok.... - dizia Patrick, com um sorriso maroto.
- Esta mais calma? - pergunta ele, erguendo as sobrancelhas.
- Nãooooooo! - grita Lisbon, marchando até a porta.
- Lisbon....espere.... - dizia Patrick segurando seu braço.
Lisbon se solta dele bruscamente.
- Por que esta brava?
- Por que? Eu passei a noite aqui, e não me lembro de nada e....
- Uou!...Agora entendi.....você esta achando que nós dois.... - dizia Patrick gesticulando com as mãos, olhando nos olhos dela.

Patrick olha para ela com uma expressão engraçada, Lisbon ao contrário estava furiosa....

- Você esta corando.... - dizia ele, tocando a ponta de seus dedos no rosto dela.
- Tira a mão daí... - dizia ela, dando " tapinhas " na mão de Patrick que estava sobre seu rosto.

Patrick sorri e dá mais um passo, ficando muito próximo de Lisbon.
Ela fica nervosa, podia sentir a respiração dele sobre seu rosto.

- Lisbon.... - dizia ele em sussurros.
- O...o que? - pergunta ela engolindo em seco, não conseguindo desviar seu olhar do dele.
- Eu quero ler sua mente agora... - dizia Patrick, com um risinho safado.

Lisbon indignada o empurrra e segue até a porta.
A garota a abre, mas Patrick a alcança e empurra a porta com a mão direita, a fechando novamente.

- Mas o que você pensa que esta fazendo? - pergunta ela se virando, seus olhos estavam cheios de raiva.

Patrick dá mais um passo, fazendo com que Lisbon encoste as costas na porta.
Ele se aproxima mais, encostando seu corpo ao dela.
Seus olhares se cruzam novamente.

- Você me parece assustada...
- Não estou assustada....e sim....furiosa... - dizia ela, com a voz embargada.
- Mentira.... - dizia Patrick, com um sorriso sedutor.
- Não aconteceu nada Lisbon....você estava cansada e dormiu no caminho.....minha casa era mais perto, por isso trouxe você para cá.... - dizia ele em sussuros, sem tirar os olhos dela.
- Mas...
- Shhh! - dizia Patrick, colocando seu dedo indicador levemente sobre os lábios dela.....para que se cala-se.
- Eu a peguei no colo, a trouxe para cá.....coloquei na minha cama....e.... - Patrick parava de falar ao ver o desespero no rosto de Lisbon.

Ele mordia o lábio, tentando segurar o riso.

- E..... - dizia Lisbon assustada.
- Tirei seus sapatos.....seu casaco e a cobri.....depois fui até a cozinha tomar um chá e quando voltei, peguei um cobertor e estiquei no chão para mim dormir....e o resto você já sabe....já que tropeceu em mim agora cedo.... - dizia ele, todo sorridente.
- Ah!... - dizia ela, ainda nervosa.
- Hun!...Curioso.... - dizia Patrick com um sorriso maroto.
- O que? - pergunta Lisbon confusa.
- Esse seu...." Ah! "....tem um misto de alívio e frustração ao mesmo tempo... - dizia ele, de forma provocativa.
- O que? Não....não.... - dizia ela rapidamente.

Patrick aproxima seus lábios dos dela.

- Jane....o que você......o que você pensa que vai fazer? - pergunta ela, apavorada.
- Shhhhh! Você reclama demais... - dizia ele, quase beijando os lábios dela.
- Jane.... - sussurrava ela...
- Você quer saber o que vou fazer agora? Então tá.... - dizia ele, tocando a cintura dela com cuidado.

Lisbon não consegue parar de olhar a boca dele, quase colada a sua.

- Nesse momento.....eu vou....beijar você.... - dizia ele com uma voz sedutora, tocando seus lábios aos dela carinhosamente.



Continua................
avatar
ladymarion
Amiga Íntima do Simon
Amiga Íntima do Simon

Mensagens : 27
Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalizada Re: O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Mensagem por ladymarion em Dom Out 03, 2010 4:02 pm

Capítulo 3 - Final




Na casa de Patrick Jane



Lisbon continuava confusa com o que estava acontecendo, seu coração e sua razão estavam em uma tremenda confusão, diziam coisas diferentes....ela tinha que parar agora, antes que fosse tarde demais.

Mas a medida que o beijo entre eles ficava maior....Lisbon se sentia fraca, sem condições de lutar.
Patrick afasta seus lábios dos dela por alguns segundos e á observa.
Mas ao ver que ela iria afasta-lo de novo, possivelmente pensando na CBI....Patrick insiste e lhe dá um outro beijo.

Lisbon colocava as mãos no peito dele, tentando empurra-lo levemente, mas sem que percebesse suas mãos pareciam ter vida própria....elas começavam a acariciar o peito dele enquanto se beijavam, Patrick dessa vez afasta um pouco seus lábios, mas estava confiante.....pois Lisbon estava com as pernas bambas e ele via isso ao segura-la firme contra a porta.

- Isso....é loucura... - dizia ela fechando os olhos, encostando sua cabeça na porta.

Patrick sorri e a admirava, tocando com suavidade o rosto dela.
Lisbon sorri e suspira.
Jane dá uma pequena risada e ela abre os olhos imediantamente.

- Você me ama...eu sabia.... - dizia ele, com um sorriso maroto.

Lisbon fica corada, ela tenta rebater o que ele acabava de dizer, mas pela primeira vez desde que o conheceu....ela não sabia como desafia-lo.

- Patrick... - sussurrava ela, olhando em seus olhos.

Jane sorri e distribui pequenos beijinhos pelo rosto dela, a fazendo ofegar.
Lisbon delizava suas mãos pelas costas dele, apertando a cintura de Patrick levemente...o fazendo sorrir ainda mais.
Após um breve beijo, Patrick afasta um pouco seu rosto, ele apóia uma das mãos na porta e a outra na cintura dela, a olhando com carinho.

- Sabe.....tem algo que quero lhe mostrar... - dizia ele em sussurros.
- Tem é? O que? - pergunta ela não conseguindo segurar um sorriso, ainda corada.

Vagarosamente Patrick retira a mão que estava na cintura dela e á coloca na frente de Lisbon.
Ela percebe que algo estava diferente...

- Você..... - dizia ela respirando de forma descompassada.
- Eu retirei o anel pela manhã.....mas nem tive tempo de lhe mostrar devido a nossa " guerrinha " de antes. - dizia ele, de forma engraçada.

Lisbon sorri maravilhada e coloca sua mão junta a dele, as entrelaçando.

- Por que o tirou? Nunca o vi sem ele. - Os olhos de Lisbon brilhavam tamanha expectativa da resposta de Patrick.
- Você sabe o porque.....mas mesmo assim, vou ti dizer.....eu amo você. - dizia ele com uma voz suave e extremamente sedutora, lhe dando um selinho.

Lisbon eleva suas mãos ao rosto dele, o beijando com mais paixão.
Patrick a afasta um pouco da porta, a apertando um pouco mais junto ao seu corpo, Lisbon sentia seu corpo vibrar por ele.

- Eu tambem.....amo você. - dizia ela em sussurros, lhe dando um beijo mais ardente.
- Sabe.....você devia ler minha mente agora. - dizia ela, de forma sedutora.
- Oh!.....Eu não preciso, sei o que você quer......porque eu quero o mesmo, a muito tempo. - dizia Patrick com um sorriso sedutor.

Lisbon não resiste e o beija novamente.
Em meio a tropeços os dois seguiam até a sala, mas sem para de se beijar....se tocar.
Eles não conseguiam se afastar um minuto se quer um do outro, a paixão e amor que nutriam a tanto tempo explodiu naquele momento.

Lisbon o empurra contra o sofá com carinho, ela se senta sobre o colo de Patrick, deixando uma perna de cada lado.
Ela retira o casaco com um sorriso encabulado, Patrick sorri e acaricia os braços dela. Lisbon se inclina e lhe dá um outo beijo bem de leve, apenas um roçar de lábios, ela o fica provocando, como punição Patrick leva suas mãos a cintura dela, a puxando mais contra sí....Lisbon suspira ao sentir o íntimo dele.

Patrick dá um sorrisinho safado e captura os lábios dela, Lisbon aproveita e desabotoa a camisa de Patrick lentamente....dando pequenos beijos no peito dele enquanto terminava de desprender os botões, Patrick a ajuda a tirar.
Lisbon desliza a ponta de seus dedos sobre o peitoral definido de Patrick, apenas o admirando....

Patrick se inclina para beija-la, mas Lisbon recua e se afasta lentamente de seu colo, ela estende a mão para Patrick.
Ele pega a mão dela com carinho, beijando sua palma e se levantando tambem.
Eles ficam frente á frente, se despindo com calma.......aproveitando aquele momento ao máximo.

Após estarem completamente nús, Patrick toca a cintura dela, a puxando mais para perto.
Lisbon entre-abre sua boca, dando passagem para a língua dele, eles trocam um beijo ardente enquanto suas mãos exploram o corpo um do outro com calma. Patrick beija o pescoço dela, enquanto Lisbon mordia levemente o pescoço dele.

Patrick se senta novamente sobre o sofá ainda segurando a mão direita de Lisbon, ela se senta sobre ele. Seus corpos se encaixam perfeitamente.....como se fossem feitos um para o outro.
Vagarosamente eles procuram um ritimo para seus corpos enquanto trocavam beijos carinhosos. Patrick descia suas mãos a cintura dela, a segurando mais firme, Lisbon aumentava o ritimo dos movimentos.

Eles se olhavam com tanto carinho, tanta paixão, Lisbon fecha os olhos e deixa a parte superior de seu corpo tombar para trás, Patrick apóia as costas dela com uma das mãos enquanto Lisbon segurava seus ombros. Patrick inclina seu corpo beijando seus seios e os acariciando com a outra mão, Lisbon perdia a razão por entre seus carinhos, os lábios quentes dele fazia seu corpo incendiar.

Lisbon acariciava os cabelos dele enquanto sussurrava seu nome, ela sentia que seu momento estava chegando.
Patrick sorri e a trás de volta para um beijo mais quente, Lisbon continuava a se movimentar mais e mais, esperando que Patrick chegasse ao êxtase. Seus corpos trêmulos e quentes....seus corações batiam tão loucamente.....

Patrick encostava sua testa a dela, esperando que ambos recuperassem um pouco do fôlego, Lisbon sorria feliz como nunca.
Jane sabia que ela estava tão feliz quanto ele. Carinhosamente Patrick se deita no sofá a trazendo consigo. Lisbon fica com a cabeça deitada em seu peito enquanto ele acaricíava seus cabelos.

Lisbon se encolhia mais sobre ele, então Patrick a abraça mais forte, entrelaçando seu corpo ao dela.
Eles não queriam se separar, pertenciam um ao outro.

- Patrick.... - sussurra Lisbon, virando um pouco a cabeça e olhando nos olhos dele.

Patrick olhava para ela com um sorriso iluminado. E antes que Lisbon pudesse falar, ele faz um sinal de negativo com a cabeça.....ela fecha os olhos e sorri um pouco sem graça.

- Sabe.....eu acho tão irresístivel quando você fica corada... - diz ele em sussurros, beijando levemente seus lábios.
- Patrick.... - dizia ela, escondendo o rosto sobre o peito dele novamente.
- Hahahahaha.... - Patrick não segura uma gargalhada e a abraça mais forte.

Lisbon o abraça tambem, se sentia tão bem.....protegida, desejada....amada.
Tudo que ela pensou não poder sentir mais.

- Não se preocupe Teresa....não pense em nada além de nós dois aqui, juntinhos. - diz ele, a apertando mais contra seu corpo.
- É que....sabe.....as coisas irão mudar e.....tenho um pouco de medo disso. - confessa ela em sussurros, beijando o peito dele.
- Eu tambem tenho....desde que minha esposa morreu, você foi a única mulher que eu quis me envolver, me apaixonar.....e quando finalmente decidi seguir o que eu sinto, fiquei tão assustado e preocupado quanto você.....achei que poderia não me aceitar....acho que eu seria capaz de ir embora. - dizia ele, enquanto acaricíava as costas nuas dela.

Lisbon sorri.

- Sabe, apesar de você me enlouquecer nos casos......me deixar em enrascadas com Minelli.....eu não me imagino sem você. - dizia ela irônica.

Patrick olha para ela de forma engraçada.

- Uau! Quanto progresso, é um custo eu conseguir fazer você falar o que sente de verdade.....estou impressionado. - dizia ele, em tom debochado.
- Hahahah, Patrick.... - dizia ela, dando um tapinha no peito dele.
- Não se preocupe com o dia de amanhã......aproveitaremos " o agora "....eu não vou deixar você fugir de mim....de nós. - dizia ele, olhando para ela com carinho.
- Ai!......Acho que não tenho muita alternativa não é? - pergunta ela suspirando, erguendo as sobrancelhas.
- Como certeza.......não. - respondia Patrick, de uma forma divertida.

Os dois gargalham e se abraçam emocionados, trocavam beijos carinhosos enquanto permaneciam nos braços um ao outro.







FIM


*****************************************************************
avatar
ladymarion
Amiga Íntima do Simon
Amiga Íntima do Simon

Mensagens : 27
Macaco Feminino

Voltar ao Topo Ir em baixo

Finalizada Re: O dia de amanhã ( NC/17 ) - Cap 3 ( Final ) - 03/10

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum